TPM ( Tensão pré Menstrual)

R.F. (14 anos, estudante) nos procurou, com sua mãe, por fortes dores de TPM.
A mãe dela nos explicou que há 3 anos, depois que começou a menstruar, ela sofria muito de TPM e mesmo tomando a pílula contraceptiva (hormônios) aconselhada pelo ginecologista, as dores da TPM não diminuíram.A avaliação nos levou a região dos rins com uma sensação de abuso sexual. A Alma nos convidou a trabalhar primeiramente no plano físico, onde começamos a perceber duas emoções: raiva e medo.
Perguntamos se ela se lembrava de algum acontecimento onde se sentiu abusada ou invadida.
Ela contou que na idade de 8 anos um homem abusou sexualmente dela.O importante, nesses casos, é não julgar e ficar completamente neutros, para poder ajudar o paciente na profundidade.
Falamos para ela ficar tranquila que tudo podia ser resolvido, que da nossa parte tiraríamos aquela raiva e medo que tanto a angustiava e ao mesmo tempo geravam as dores de TPM.

Com suavidade e muito amor a ajudamos a eliminar a raiva e em seguida desprogramamos a cena e harmonizamos os vários corpos.
Foi incrível a sensação que o corpo dela nos passou, todo o corpo relaxou e, ao mesmo tempo, dissolveu aquele medo preso há 6 anos.
Naquele instante ela abriu os olhos sorrindo e exclamou: “Obrigada!”.

Parecia que ela própria sabia que o problema estava resolvido.
Ficamos em contato com a mãe, que nos relatou 3 meses depois, que os problemas de TPM não apareceram mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.